20/01/05

A Palavra do Senhor e a Igreja Da Geografia, por SumoSacerdote

“ – Óh que ganda seca. Devia ter levado um tiro quando escolhi a barra. 10 da matina, domingo de um sol radioso e eu aqui, sozinho que nem um cão a preparar o julgamento d`amanhã. E o sacana que não tem razão nenhuma. Chiça, mais duas horitas e isto fica alinhavado…
- Tlim, Tlão…
- Raios, só me faltava agora alguém para chatear a um domingo de manhã, se está aqui não está preso, se não está preso não atendo. Toca que te fartas...
- Tlim, Tlão, Tlim, Tlão…
- O sacana não desiste, deve ter visto o carro lá fora, tou lixado, a carraça não vai desarmar, mas não perde pela demora, vai ser mastigado e cuspido!
- Tlim, Tlã…
A abertura da porta interrompe a insistência da campainha. Do lado de fora está uma magriça enfezada de chita vestida, fêmea semi-nova, cara desconhecida, roupa kitsch entre a escuteira e a dona de casa. Com a abertura da porta desata a abrir a boca e a estender um folheto com um JótaCristo amarelado e a brilhar nas nuvens…
Mau Maria temos circo e palhaços, pensei eu de mim pra comim…
- Ólhe se faz favor, nós andamos a espalhar a Boa Nova e a Palavra do Senhor…
- “Nós”? Nós, quem? Ainda há mais além de si? – começo eu já a abrutalhar.
- Não, Não, Nós, Somos todos aqueles que neste momento e em simultâneo espalhamos a Palavra do Senhor por 197 países…
Nem teve tempo de terminar. Fiquei possesso e furibundo. Ela viu e arrepiou.
-Ó Minha Senhora, Ó Alma de Deus, tenha lá Santa Paciência e vá estudar Geografia que lhe faz muito mais falta que a Palavra do Senhor!. Atão se só há 193 países coméque vocês espalham a dita cuja por 197? Tenha lá paciência!
Slam! Porta nas fuças! Não há pachorra! Palavra da Salvação!

Sem comentários: