25/07/05

"Got Milk ?", Uma Campanha Genial, por VacaDeFundo

Por vezes há campanhas publicitárias surpreendentes. E muitas delas partem de ideias de uma simplicidade extrema. Autênticos ovos de Colombo. A campanha do “Got Milk?” é uma dessas. Genial. Eficiente. Magnífica. E o leite passou a vender como nunca.

É pena que a coisa não tenha passado neste rectângulo esquecido, mas nos EUA e na Inglaterra a campanha foi de um impacto fortíssimo. A publicidade assentava e assenta – que a coisa ainda corre – em dois factores bem pensados e melhor conjugados. Em cada foto ou anúncio surge a pergunta “Got Milk?”, a que se segue a visão do lábio superior manchado de leite por parte da personagem questionada. A expressão “Got Milk?” rapidamente entrou na linguagem comum, passando a fazer parte do vernáculo e do rol de piadas de qualquer humorista daquelas bandas que se preze.

A promoção da campanha partiu do Lobby americano do leite, o segundo mais poderoso dos EUA depois da NRA (das malditas armas e do esclerótico do Charlton Heston, que bem se podia ter estampado nas quadrigas do Ben-Hur), lobby esse que se via confrontado dia a dia com uma queda vertiginosa do consumo de leite, ultrapassado em grande pela parafernália açucarada dos refrigerantes. O conceito foi criado pela firma “Goodby Silverstein & Partners” e começou na Califórnia em 1993, passando a nacional em 1995.

O Lobby do Leite fez um apelo às figuras públicas para aderirem à campanha, a bem do leite e da saúde. E foi o que se viu. Da Whoopi Goldberg, ao Bill Clinton, da Angelina Jolie à Naomi Campbell, tudo aderiu graciosamente à campanha. Estrelas, políticos e desportista, tudo foi apanhado em tv ou foto de revista com o lábio superior manchado de branco. “Got Milk?, Yes, I do!”

Depois de algum tempo de campanha e em face do gigantesco impacto da mesma, esta ganhou pernas por si própria e dispensava até as estrelas. A mancha de leite passou para os lábios do Yoda (ver foto) do Super-Homem, do Hitler, etc, etc. No humor americano e inglês, o impacto do “Got Milk?” caiu que nem ginjas e ficaram famosas as foto-montagens da Mónika Lewinsky e de várias estrelas Porno com a manchita branca por cima do lábio. É meter o “Got Milk” no Google Imagens e vem lá tudo. Shows de TV como o Jay Leno, Cosby, Frasier e outros usaram e espojaram-se sobre o “Got Milk?”

A campanha gigantesca infiltrou-se em espiral e tornou-se um ícon americano. O Got Milk foi transformado em milhões de mensagens aproveitadoras ou gozonas desde o “Got Beer?”, “Got Sex?” até ao “Got Jesus?” Os publicitários e a campanha limparam todos os prémios que havia para ganhar e puseram a América a beber leite como bebida cool.

Mais do que Ícon Pop Americano, o “Got Milk?” rende já milhões de dóllars ao Lobby do Leite americano, que registou a marca e licencia mais de 100 produtos diferentes de merchandising que vende como papos-secos. E por falar em papo-seco, Got Milk?

2 comentários:

S. disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
O Trisavô Bate no Trineto disse...

Daqui fala o manca-mulas. É só pa avisar que vou botar um processo nesta bosta desta coisa. burros são os paizinhos de vocências. porcos de merda! E quando eu for menistro amando a bófia fechar esta coisa. tenho dito. Seus difamatistas, seus difamateiros, seus, seus, difamatósios... foda-se!