07/10/05

Anti Top Cartaz Eleitoral 2005, por Olho Vivo

Simples, suave, sem pretensões… E no entanto desastroso. O candidato é míope, vê-se bem, como pode mandar-nos abrir os olhos? E ainda por cima tira os óculos? Mas se um míope tira os óculos ainda vê pior…Ele devia estar a pôr os óculos e não a tirá-los, só assim o cartaz fazia um mínimo de sentido. Tal como está, o slogan diz-nos para abrirmos os olhos e a imagem para os fecharmos! Um desastre, o cartaz do senhor Faustino…



And the winner is… - esta mulher de armas do CDS de Porto de Mós! Tudo nela é força, tudo no cartaz sugere essa ideia (até demais): o castelo atrás da candidata, a pose e o ar machão da candidata, ela própria… Mas sobretudo, a pistola, sim a pistola, que, inadvertidamente, quero crer, ela se esqueceu de tirar de cima da secretária. O slogan é que é fraco: ficava muito melhor «Uma mulher de armas». Este cartaz é, sem dúvida, a melhor pérola destas autárquicas. Para mais tarde recordar.

Sem comentários: