11/11/05

O desporto mais machista do mundo, por Ernie

Toda a gente diz que o golf é um desporto cheio de conotações sexuais. E é verdade. Temos que concordar que o stance obriga os melhores praticantes a ficarem numa posição um bocado abichanada. E que os trocadilhos mais ou menos óbvios com a potência dos drives, com os tacos, os ferros e as madeiras estão mesmo à mão de semear…

Um amigo meu, por exemplo, andava a tentar convencer um compincha a aderir à modalidade. Insistiu durante meses até que o outro, já farto, arrumou a questão em definitivo com um argumento do piorio:
- Pá, não leves a mal, mas eu não gosto de actividades contra natura em que a bola é que entra no buraco enquanto que o pau fica cá fora…

Mas mau mesmo foi a conversa que um dia destes ouvi no clube aqui da terra entre dois indivíduos:
- Vou passar a próxima semana aos Açores, dizia um.
- Fixe! E levas os tacos?, perguntou o outro.
- Não. Vou com a mulher…
- Tá certo. Também dá para bater umas bolas...

Filho da puta de desporto machista!

Sem comentários: