13/12/05

Não explicam!, por Tó

Dom Ximenes Belo, o bispo Timorense, foi à minha escola numa quarta-feira à tarde. O pior foi quando um aluno criativo, devidamente identificado, lhe andou a trocar o nome para Dom X- Mene Belo. E pior ainda quando, nos cartazes de promoção do evento, o nome do Nobel da Paz apareceu riscado e, em vez dele, alguém escreveu Dom X- Mene Belo. A subversão tem grande potencial criativo, imaginem só a lista de títulos bombásticos com super-heróis e mega-vilões que podemos fazer a partir daqui. Como, por exemplo, « X – Mene contra o Incrível Hulk», «X-Man e os Moto-Ratos de Marte» ou « X –Man e a invasão dos Ultra Zorg».

Agora, na minha escola, parece que há uma corrente de opinião que quer abrir um processo disciplinar ao aluno. Eu discordo. Acho, antes pelo contrário, que o aluno merece um louvor pela sua irreverência e sentido de humor. E se perguntassem a Dom Xismene, ou Ximenes, já estou baralhado, provavelmente, ele até ia achar tudo isto divertido.

Leitor do Porco, vamos salvar a criatividade, vamos reconhecer a inteligência: vamos ser milhares, não, milhões de assinaturas (ou parecido) a defender o louvor para o aluno ameaçado. Deixa já o teu voto de apoio nos Groinks a este post. Aqui mesmo, em baixo.

Sem comentários: