22/02/06

Foge Cão Que Te Fazem Barão!, por Zé das Medalhas

Há tempos e a propósito do filme “Life Aquatic” que goza com o facto, já se cascou aqui no Presidente Jorge Sampaio e na sua tara-fetish da outorga de medalhas. Desde esse post de há poucos meses, houve já mais umas centenas de medalhados, comendas, liberdades e méritos, desde o pessoal da sua própria casa civil ao Bill Gatas.

Mas porra, agora também é demais. Já há um novo presidente eleito e o Lampadinha devia ter algum decoro. Há dias registava um jornal, que desde que o Cabaco dos Cocos e da Bibenda Mariano foi eleito, o Cabeça de Cenoura já atribuiu 60 medalhas e comendas e tem ainda marcadas para atribuir até sair, mais 30 medalhões de agraciamento, mérito e altos serviços prestados à pátria.

No meio destes últimos 90 comendadores (até ver), o homem resolveu de uma assentada condecorar quase todos os estilistas do jet-set, desde a Fátima Lopes ao Antónius e não se esqueceu de passar pelo faduncho, onde até fadista do Sporting, um tal de João Braga recebe comenda e agraciamento por altos serviços prestados a Portugal. Sobre o mérito de comendas como esta Fátima Lopes e o João Braga, eu já nem digo mais nada. Era só para que se saiba e se aquilate bem deste animal que se despede.

Ao fim de tantas condecorações o homem deve estar a sentir alguma dificuldade em arranjar mais pessoas que tenham peito para mais medalhas. Proponho assim, que se dê uma ajuda ao artista. Eu pessoalmente acho que se devia ainda condecorar o Emplastro pela presença televisiva, o gajo do ski de carpete por ter conseguido chegar ao fim, o Valentim outra vez por se deixar acusar sem fugir, a Fatinha de Felgueiras por ter voltado pra cá, o Padre Frederico por ter ido pra lá, o Silvino da Casa Pia pelas viagens de estudo a Elvas, o Menezes porque sim e o pai do Cavaco porque teve a primeira gasolineira de Boliqueime e era amigo do seu amigo e da alfarroba. E já agora os médicos e enfermeiros da Clínica dos Arcos de Badajoz que ainda são os únicos que vão dando um jeito na gente deste país.

Sem comentários: