02/02/06

Será Que Ninguém Lhe Ensinou Que É Feio Mentir?, por Salmanazar

Ontem vinha a ouvir o noticiário da TSF e ouvi a esplendorosa reportagem ao vivo do nosso Primeiro Sócrates - Socras para abreviar -, que desceu aos indígenas do Alentejo profundo, botando faladura na Escola Primária de Portel. Pois aí, sem papas na língua o Socras garantiu que aquela era a última das escolas deste país a ficar ligada à Internet em Banda Larga. A última, assim mesmo, e ele ali estava em pessoa e ao vivo para louvar o enorme esforço que conduziu a esta vitória triunfal sobre toda a União Europeia, porque segundo ele Portugal vai à frente no que toca à Internet, numa modalidade qualquer esquisita que já nem fixei.

Pelo meio ainda tivemos direito a um directo, em que o Socras falava infantilmente a uma criancinha aborígene – julgo que não teve que fazer grande esforço para o feito -, e lhe explicava tudo isto e as maravilhas da Banda Larga.

E eu fiquei abismado. Até porque a TSF a seguir engoliu a isca e o anzol e andou todo o dia a embandeirar em arco com aquilo. E os jornais de hoje lá trazem a mesma merda, repetida até à exaustão. Os idiotas da comunicação social que vivem todos em Lisboa, engolem sem espinhas esta patranha, porque são incapazes de ver além do umbigo e de fazer um simples telefonema às terras selváticas.

Eu não acredito que todas as escolas portuguesas tenham Banda Larga. E nem sequer acredito que tenham todas Internet. E muito menos que nisso se incluam as primárias. E isto, pela simples razão de que eu a viver a 8 km da baixa de Coimbra, numa aldeola urbanizada e industrial, ponto de comedero da cidade, com linha do norte, vias rápidas e auto-estrada, em rua compacta de prédios, com autocarros urbanos e telefones pois então!, pois aqui mesmo, népias de banda larga. A PT e a Telepac bem me enganaram a comprar o Sapo-Adsl e a instalar nova linha e depois de descoberto o embuste lá tiveram que desmontar tudo e devolver cada tostão. O Kanguru da Optimus idem aspas aspas. Não há banda larga nos arredores de Coimbra Norte, 4 km depois do centro. A largueza de banda com que aqui venho é da baixa de Coimbra.

E agora vêm cá garantir que Pampilhosa da Serra, Carrazeda de Ansiães e Freixo de Espada à Cinta já têm banda larga? Vão ser mentirosos pró caralho! E no meio disto disto tudo nem levo muito a mal ao mentiroso do Socras, agora da parte dos jornalistas é imperdoável. Era só de chicote, carago! E perderam uma oportunidade magnífica de levar o desavergonhado às cordas.

Sem comentários: