11/05/06

Mercado Do Peixe - Uma Lança Em África!, por Armários Imensos


Julgo que já todos se confrontaram com a imensa roubalheira que grassa nos restaurantes portugueses na venda de vinhos. Tinto, branco ou espumante, não há estalajadeiro que resista a aplicar 100, 200 ou mesmo 300% sobre o preço de supermercado da botelha. Por um mísero Porta da Ravessa branco, já me foi pedida a enormidade de 12€ em tasco que não revelo o nome para não dar publicidade à besta imunda. Preço médio de supermercado, 3€! Vão roubar pró catano! Mesmo em tascos comedidos, dói na alma e na carteira pedirem 8,50€, por um Quinta de Cabriz Colheita Seleccionada, quando o conhecemos do supermercado a cerca de 3,50€. E prontos, lá vai cervejola. Lixam-nos a alma, o estômago e arrebentam com o vinho português!

Contudo, há tempos no Restaurante Mercado do Peixe, em Aveiro, no Largo da Praça do Peixe (telef. 234.383.511), tive um vislumbre do que podiam ser os nossos restaurantes e o mercado do vinho português. Quando veio a carta de vinhos fiquei banzado! Ali à mão de semear espalhava-se a vinha portuguesa a estes preços: Tintos: Esteva, 4,25€; Quinta de Cabriz Colheita Seleccionada, 3,45€; Quinta da Dona, 15,55€; Quinta da Terrugem, 12,60€; Herdade do Esporão, Trincadeira, 11,85€; Quinta da Bacalhôa, 15,30€; Brancos: Galeria, Bical, 4,15€; Esporão, Reserva, 8,05€; Muralhas, 3,45€; Espumantes: Campolargo, 4,90€; Aliança Particular Reserva Bruto, 9,10€; e Aliança Bruto Tinto, 4,15€. Seleccionei aqui só os nomes mais conhecidos da nossa praça, que a carta era mais completa. Como devem ter reparado todos estes preços são inferiores aos de garrafeira e vários são mesmo inferiores aos de supermercado.

Embora o serviço de vinhos seja excelente e a carta de vinhos já conte com umas dezenas deles, não deixa de ser curta e de manter o pecadilho tradicional, que é não ter os anos das colheitas. Mas com estes preços relevei a falta e não fiz a lide habitual de os pôr a ir à despensa ver os anos das colheitas por 4 ou 5 vezes.

Falei com os responsáveis sobre os preços, não fosse haver ali armadilha de ser ao copo ou coisa que o valha - com os tascos portugueses todo o cuidado é pouco -, e os simpáticos que não, que é mesmo assim, é politica da casa e fazemos questão de os vender exactamente ao preço de custo! Benditos!

Resta aconselhar que quando lá forem reservem uma mesa com vistas para o canal que bate na Praça do Peixe, em cujo primeiro andar o Restaurante se situa. Para saborear, recomendo o Lombo de Tamboril com Gambas (12€) ou a Caldeirada de Enguias (25€) para duas pessoas, ambos excelentes. Evitem as Lulas Grelhadas (8,50€) que a dose é mínima, e sem ter provado pareceu-me muito bem o Ensopado de Rodovalho que na mesa ao lado dava para três (33€). Regalem o olho, espojem-se no peixe e afinfem na vinhaça que ali vale a pena!

Sem comentários: