31/07/06

Camarão Do Sudeste Asiático, Mas À Lusitana, por Kzar

Conheceis o camarão tigre? Bom, chama-se com mais propriedade Pneus qualquer-coisa, e muitas casas comerciais têm o louvável senso de no-los disponibilizar em caixas, arrumadinhos como uma turma do Colégio Alemão, de bibes limpíssimos e bem engomados, em ordem irrepreensível. Custam pouco e devem escolher-se dos que tenham o comprimento do indicador do carrasco, pouco mais ou menos, e gordinhos.

Enregelados ainda, desliga-se a cabeça de cada um e despe-se-lhes o bibe a todos, sempre deixando a cauda e a parte da fatiota que lhe está adjacente. Aparar-lhes a cauda custa pouco e é um pormenor elegante, mas não indispensável, nada brigando com a degustação. Em todo o caso, importante é salgá-los sem misericórdia e soprar-lhes por riba uma quanta pimenta branca. Enquanto acabam de descongelar, cuida-se da demais encenação do espectáculo.

Sertã larga, de fundo raso, há-de ser o estaleiro. Rega-se com azeite em que nadarão algumas fatias finas de alho, na companhia de outras muitíssimo mais abundantes tiradas a uma raiz de gengibre - de maneira nenhuma se dará emprego ao gengibre seco e pulverizado de pacote. Frigindo tudo um pouquinho, até que as fatias de alhos amareleçam e mesmo quase tostem, nesse transe impedindo, com colher de pau providencial, que a trupe do gengibre pegue ao fundo ou queime.

Entram agora em cena os nossos amigos crustáceos, os quais de imediato começam a mudar de cor. Como não nos basta, largamos-lhes em cima duas colherinhas de café plenas de açafrão e volteamos tudo muito bem, supliciando-os um pouco mais. Chegará o momento de se tornar evidente que basta, ocasião azada para soltar sobre o conjunto, como confettis em baile de carnaval, nuvem abundante de zesto de lima e laranja, em tiras longas e finas. Tapado o estaleiro, para que tudo abafe um pouco e o zesto amoleça e vaporize os respectivos aromas, é afinal espremido mais um limão sobre a companhia.

Ensaiada com competência, a peça passa a representar-se aos olhos do público, agora em palco raso, de cerâmica. Os actores principais são cuidadosa e artisticamente dispostos em cena e logo regados com tudo o mais que os acompanhava no estaleiro, enfeitando-se ainda com umas poucas tiras de malagueta, a experimentar pelos mais corajosos ou ávidos de sensações fortes. Desta feita, reclama-se uma assistência ao palco de maior vulto e vai daí contratam-se os serviços de um artista da casa Taittinger, que por certo não claudicará.

Quem é amigo, quem é?

1 comentário:

Anónimo disse...

kaufen cialis generika cialis
acquisto cialis dove acquistare cialis
cialis comprar comprar cialis generico
generique cialis acheter cialis pas cher