03/07/06

http://www.youtube.com/, por Serviço Público

Descobri a vídeo-rádio ideal na net. Basta ir a http://www.youtube.com/. O You Tube é um programa divino onde se encontram todos os vídeos que se possam imaginar. Qualquer gajo pode deixar lá o seu vídeo de estimação, aquele do traseiro da prof de matemática ou o daquela banda sensacional que só lançou um disco e desapareceu a seguir. Portanto, no you tube, um gajo encontra tudo.

Uso-o principalmente para procurar vídeos e músicas que até agora considerava raros. Por exemplo, uma das primeiras bandas que digitei no search do programa foi The Clash. A surpresa foi esmagadora: estava lá o vídeo de London Calling, o should i stay or should i go, o rock the kasbah... Depois segui a pista punk/new wave e claro, encontrei Stranglers, Pistols, the Damned, Joe Jackson... Voltei aos Clash, agora numa soberba versão ao vivo de Sweet Gene Vincente com Ian Dury e segui pelos Big Audio Dynamite. Tá lá com montes de vídeos. Digitei Rolling Stones – páginas e páginas de vídeos oficiais, piratas, gravações amadoras de espectáculos ao vivo... Doors, Bowie, Velvet, Marc Bolan e os T Rex, os Stooges, Plasmatics…

Digito Frank Zappa – boé de páginas, uma versão original de Stayrway to Heaven dos Zeppelin, uma outra de I´m the Walrus dos Beatles… Incrível! Puxo pela coisa. Vamos às bandas que se apagaram da memória de todos, aos vídeos perdidos no tempo: The Vapors – Turning japannese, lembram-se? Não acredito, tá cá. Spandau Ballet, Buggles, video killed the radio star, Jam, isto é uma máquina do tempo.. Versões pirosas de can´t take my eyes off of you, até a versão de Deer Hunter… A fabulosa dança de Travolta e Uma Thurman ao som de chuck berry em pulp fiction , a cena épica de Reservoir Dogs em que há um canalha a cortar uma orelha a um polícia amarrado,dez minutos soberbos de tortura feita arte humorística, as músicas comoventes de lost in translation, episódios inteiros de Seinfeld, os fabulosos desenhos animados da Warner Brothers, Pink Panther, montanhas de precisiodades de Tex Avery, what`s up, doc?....

Experimento o novo rock, isto não têm, caraças, até aposto. White Stripes – seven nation army. Tá cá. N.E.R.D. she wants to move. Tá. The Strokes, Franz Fedinand, The Vines, Low... Tudo. O jazz: Miles, Coltrane, Hankock, Cantaloop em várias versões. A música clássica: Mozart, imenso, Shostackovich, Von Karajan, a Casta Diva, é a juke box ideal, não é preciso moedas nem nada…

A partir de agora nas festas já nem são precisos discos. Basta um pc ligado à net com o you tube e umas boas colunas. A discografia tá lá toda. A música tá na cabeça do dj: depois é só digitar o nome e dar dois cliques com o rato. Já podemos ouvir tudo aquilo que nos apeteça. O you tube é a farra ideal!

Sem comentários: