07/07/06

O Melhor e o Pior do Mundial, por Tifosi

O mundial tá a acabar e há que fazer as selecções dos melhores. Era o Seinfeld quem dizia que os homens só precisam de outros homens para serem amigos. Quer dizer, ser homem é qualidade suficiente, um gajo é amigo de certos gajos, simplesmente porque são homens e prontos. Não é necessário que tenhamos algo em comum, nem interesses literários, nem musicais nem filhos nem nada. Os homens só falam de duas coisas: de gajas e de futebol. Falemos, pois, de futebol que é altura dele. Aí vai a minha selecção dos melhores do Mundial (não os melhores em absoluto, só os que tiveram melhores perfrmances no Mundial). Como tenho alguma dificuldade em nomear só 11 segue também a selecção alternativa:

Os Melhores:
Guarda redes – Buffon (It);
alternativa - Lehman (Al);

Defesa direito: Zambrotta (It);
Alt – Eboué (Gana)

Defesas centrais: Canavarro (It) e Thuram (Fr);
Alt – Ayala (Arg) e Ricardo Carvalho (Por);

Defesa esquerdo: Lahm (Al);
alt – Grosso (It);

Médios – Vieira (Fr), Maxi Rodriguez (Arg) e Zidane (Fr);
Alt –Ballack(Al), Riquelme(Arg) e Gerrard (Ing);

Avançados – Figo (Por), Henry (Fr) e Ronaldo (Por);
Alt – Kaká (Br), Klose (Al) e Torres (Esp)

Temos então na selecção A 3 italianos, 4 franceses, 1 alemão, 1 argentino e 2 portugueses. E, para quem acreditava como eu no início, que este ia ser o mundial das grandes revelações, uma espécie de render da guarda do futebol mundial, afinal não foi. Confirmaram-se os velhos e ainda não foi desta que se consagraram definitivamente Kaká, ronaldinho, messi, tévez, saviola, fabregas, iniesta, sérgio ramos ou diarra… Tirando o Ronaldo portuga, ribéry e o maxi rodriguez, os outros jovens são grandes de estatura média, pra já, como podolski, lahm, klose ou grosso (já com 29 anos)… E não foi propriamente uma revelação de alcance galáctico mas é justo sublinhar aqui a grande qualidade do Meira, declarado coxo de serviço pelos nossos críticos ainda nem trinha tocado na bola e que se revelou, afinal, um dos melhores centrais da competição. Este Meira é bem melhor que o Andrade, não me lixem…

Os melhores treinadores foram o scolari (apesar de alguma teimosia na convocatória e da burrice da opção pauleta), o eriksson pelo fair-play, o klinsmann pela revolução que fez na Alemanha e o hiddink com uma Austrália audaciosa como são todas as suas equipas…

Os Piores

Quanto aos piores do mundial foram, em primeiro lugar os treinadores da Argentina e do Brasil. O Parreira conseguiu fazer o impossível: meter jogadores fabulosos como o ronaldinho a fazer um futebol burocrático e sem chama. Tiveram que mudar o nome para escrete cinzento.

E o Pekerman ganhou o prémio Idiota do Século e conseguiu ainda pior, deixando no banco alguns dos melhores jogadores do mundo, como Messi, Tévez ou Aimar que ele acha não serem compatíveis com o Riquelme. E nem falo no crime que foi não ter convocado o melhor lateral direito do mundo – Zannetti – para depois andar a adaptar quatro (!!!) jogadores à posição (Burdisso, Cufré, Scaloni e Colloccini). Este homem devia ser declarado Inimigo Público Número 1 do Futebol pelo mal que fez à modalidade.

O árbitro do Portugal – Holanda, também foi um verdadeiro disparate em movimento. Imparável na asneira.

Van Basten, treinador da Holanda deu uma lição de falta de fair play e cheguei a pensar que foi bem feito o que lhe fizeram ao joelho quando ainda jogava à bola. Aquela entrada do Boulhrousz sobre o figo é encomendada…

O treinador de angola foi outra anedota e não percebo como é que os angolanos ficaram contentes quando podiam ter ficado à frente do México – aquela de jogar com o Akwá e deixar de fora o mantorras, vou ali e já venho…

O governo de Portugal esteve péssimo ao permitir que o mundial seja em canal fechado, dando mais uma vez uma mãozinha nos interesses dos oliveirinhas – querem matar o futebol, fazer dele um desporto de elite, só pra quem paga…

Quanto aos piores jogadores: Kalack da Austrália pelo frango contra a croácia que ia lixando tudo para a sua equipa; De Rossi da Itália, expulso no primeiro jogo por agressão bárbara a um americano (e o de rossi até é um excelente jogador); O carniceiro holandês Boulharousz; os tablóides ingleses levianos e mentirosos; O Rooney-silly Boy; o Ronaldo gordo e o ronaldinho ex-génio; e acima, muito acima de todos, o manguelas, o pauleta, o maior desastre da história do futebol. Inofensivo, tonto, embora voluntarioso. Com ele na frente Portugal teve sempre menos 10-20 metros, ainda por cima os mais importantes, na área adversária. E o postiga foi o mais parecido com ele que o scolari tinha no banco e por isso também vai para a lista. Mas por que é que o Nuno gomes não teve a mínima oportunidade?

Sem comentários: