18/12/11

Coimbra Incrível, por S. Nicolau

O director da polícia municipal de coimbra enviou a vários funcionários um ficheiro com umas fotos com mulheres vistosas pouco vestidas e votos de «sexo incrível» para o ano novo. Posteriormente, após o chinfrim que se sucedeu na imprensa, alegou ter-se tratado de um falha técnica qualquer. Pode achar-se o envio de votos de «sexo incrível» uma coisa pouco natalícia, invulgar, inadequada ou, simplesmente, sincera.

Mas suspender o comandante por isto e abrir-lhe um processo disciplinar é de uma hipocrisia sem limites. Isto é coimbrinha, isto é vitoriano, isto é uma aberração completa! O presidente da câmara, João Paulo Barbosa de Melo, e a vereadora que tutela a PM justificam a sua decisão com o facto de a mensagem ter sido enviada para todos os funcionários, em horário de trabalho e através do e-mail de serviço!!! Santa hipocrisia! Vale tudo neste país e nesta cidade, onde todos os dias vemos e ouvimos coisas, essas sim, verdadeiramente pornográficas. Mas um simples desejo de sexo incrível chega para suspender um funcionário. Vamos longe, vamos e o que vale ao comandante da polícia municipal de coimbra é já não ser tempo do Santo Ofício - o homem ainda devia dar uma vistosa fogueira no famigerado Pátio da Lusa Atenas.

4 comentários:

Cão disse...

O pai do actual przdente da cambra não era aquele que, ao andar, inventou o palito métrico?

Anónimo disse...

se eu não tenho, ninguém tem, foda-se, fogueira co cabrão! to co presidente, o gajo que vá gozar co caralho!

amadeu cardoso

A Mim Me Parece disse...

"Agora" existe um Director da Polícia Municipal? O pessoal julgava mesmo que estávamos ricos! E este "director" parece-me que estava a tirocinar-se para "agenciar" umas brasileiras!

José disse...

Sem falar que iria receber uma catrefada de visitas no Youtube.