22/01/10

E Agora Numa Sala de Cinema Perto de Si..., por Calheiros

Como eu dizia no post anterior, o mundo da bola na chincha está ao rubro. Não bastava o incontinente mental do sá pinto fazer o que fez, temos agora a publicação das escutas do pintinho. Aquilo é arrasador e mostra com uma evidência irrefutável como é que o fóculporto foi construindo o seu império. Nem vale a pena comentar as escutas: o que lá está, lá está e o meu objectivo, ao falar neste assunto, não é converter fiéis religiosos. Ouçam e façam o vosso juízo.

Numa escuta «o primeiro engenheiro» (sic) dá instruções ao árbitro para chegar a sua casa numa visita que foi, segundo o mesmo «primeiro engenheiro», surpresa. Surpresa!!!

Noutra o mesmo «homem da Caixa» (sic) acerta com o intermediário araújo a «fruta para dormir» e o «café com leite» para o árbitro, jacinto paixão. Pelo meio há uma chamada em que o mesmo araújo fala de «três deusas» que tem ali. Fruta para dormir???? Café com leite pó paixão??? Três deusas?

Numa terceira o «número 1» (sic) acerta com o amigo valentim um processo ao liedson do sportem e faz umas pressõezitas, pelo meio, sobre árbitros. Acontece que o valentim era o presidente da liga!Como é que isto se diz em Direito?

Noutra o «jorge» combina com o pseudo-jornalista tavares telles, outro senhor com grande pose de isenção, uma notícia falsa a publicar no jornal deste.

Numa outra acerta directamente com pinto de sousa a nomeação de árbitros para jogos do fóculporto. Este pinto de sousa, um «senhor» muito senhorial que eu me recordo de ver inúmeras vezes na TV a debitar sobre ética, era só, à data, o presidente do conselho de arbitragem! E para isto? que nome é que se dá em Direito?

... E etc, etc, etc. Não me quero alongar sobre estes materiais que são eloquentes. Cada um que faça os juízos que entender. Estou-me nas tintas para os formalismos ridículos que impedem que isto valha como prova em tribunal. Ninguém desmentiu nem desmentirá o conteúdo, que é o que mais importa. E lanço só um repto: gostava de ouvir os comentários do tavares, não do telles mas do outro, do lixívia sousa tavares, acerca do conteúdo destas gravações feitas por entidades judiciais competentes. O que este homem não disse na altura sobre cabalas e campanhas negras. Bolas, é uma asociação de ideias tramada, mas porque é que sempre que penso neste tavares penso no bom velho costume do faroeste do alcatrão com penas?

22 comentários:

Luís Nascimento disse...

www.emma-actividades-musicais.pt

Anónimo disse...

Por acaso também tenho pena que as escutas não valham nada na "in"justiça Portuguesa. Podia ser que o Sr. Rei dos Pneus e do Benfas fosse dentro, juntamente com os seus capangas dos "No Name".É que neste processo as escutas também não valeram. Não sabiam? Pois não. Isto não interessa aos jornais que só dão notícias não encomendadas.:)

Anónimo disse...

Não, anónimo, eu não sei nada disso nem nunca ouvi tais escutas. Estas sim, estão aí... Obviamente que se os jornais afectos ao fóculporto, como aquele do impoluto tavares telles que aparece nas escutas do pintinho, as tivessem (caso existissem, claro) elas já estariam aí.

Mas ao contrário de um certo tipo de fiéis tripeiros, se aparecesse tal coisa, eu não me punha aqui a branquear as coisas. É que não parece mas o post não é sobre futebol: é sobre crime e corrupção. E se fosse um presidente do benfica a estar ali no lugar do´pintinho, eu, ao contrário dos fièis branqueadores, seria o primeiro a exigir justiça e a sua demissão imediata.

anyway. eu não precisava de escutaspara saber da corrupção. Bastou-me ver os jogos apitados por essa corja de corruptos durante duas décadas. As provas eram esses jogos...

Anónimo disse...

E ainda falta ouvir aquela escuta em que o presidente do Alverca vende ao sr. Pintinho o Deco, que não servia ao Benfas. Depois queixam-se dos árbitros. O porto ganhou porque teve as melhores equipas e os melhores jogadores. Não foi o Pintinho que destruiu o Benfica, foi um Sr. chamado Artur Jorge. Esse sim, levou o benfica para a lama durante anos. Chegaram ao ponto de, num magnífico acto de gestão, mandar o João Pinto para a rua. Culpa do Pinto da Costa, claro. Ah, e dos árbitros.

Anónimo disse...

A mim como simpatizante do FCP, o Sr Pinto Da Costa mete nojo e por uma questão de decência - que não tem -, já se deveria ter demitido há muito tempo.

Se as escutas são ilegais, não deverão servir como base de condenação juridica e isso fica para os tribunais.

Mas a partir do momento que a coisa transparece que o domínio público as pessoas envolvidas em tudo isto desde o Sr Pinto da Costa, ao Valentim Loureiro e quejandos sem esquecer um tal Tavares Telles deveriam ter vergonha de voltar a mostrar a cara seja onde for.

ass: Derviche Rodopiante

PS: é evidente que o fascínio dos resultados e a costela portista impede muita gente de ver a podridão, assim como a costela benfiquista impediu muita gente de ver aquilo que muitos outros viram logo no Sr Vale e Azevedo. E aí ao invés da rectidão e isenção que acima vai afirmada, houve de facto branqueamento completo e total do Sr Vale e Azevedo. É evidente que são coisas diferentes, mas quando se puxam dos pergaminhos anti-branqueamento convém alguma contenção. até porque não havia necessidade.

Anónimo disse...

que merda de argumento: porque há outras escutas e tal. é pá tens estas. e o que lhes dizes? branqueias? foda-se, estou farto de atrasados mentais. e de corruptos. se tinha a tal equipa superstar é burro, porque, então, não precisava de corromper. vai-te catar e arranja uns óculos, meu camelo. és parecido com o tifo. xô

seu jorge

Anónimo disse...

"atrasados mentais", "burros", "camelos", sim senhora Seu Jorge, você tem jeito cara! é isso aí meu chapa!

argumentação genial...

Doomsday

Anónimo disse...

Amigo derviche, tens toda a razão: eu andei a dizer bem do vale e azevedo. E andei porque, reconheci depois, o gajo me enganou como enganou milhões de benfiquistas. No entanto, quando as provas contra ele se tornaram irrefutáveis - como estas sobre o «primeiro engenheiro» são- reconheci o engano e exigi justiça. Ora não é o facto de serem enganados que eu censuro aos tripeiros (a alguns, claro). Ser enganado acontece a qualquer um... o que lhes censuro é, precisamente, o de não quererem ver o que óbvio, de branquearem a fraude e isto é o contrário do que foi a minha posição sobre o vale.

De qualquer modo, amigo derviche, sempre acrescentarei que a principal vítima do vale foi o benfica, burlado por ele em várias negociatas; que as denúncias e documentos que o condenaram tiveram origem interna, precisamente no benfica. Ao passo que o pintinho prejudicou terceiros, empresas concorrentes, recorrendo a métodos como os que as escutas ilustram. Há uma diferença brutal e, nos dois casos, foi o Glorioso a principal vítima da delinquência...
Manda sempre, mene.
Carvalhas

Se é para mandar bacorada, aqui vai: disse...

A certa altura do entusiasmo jornalístico com o Apito, o «Público» publicou, inesperadamente, o teor de uma escuta entre Valentim Loureiro e Luís Filipe Vieira (apanhado por arrasto no telefone de Valentim). E o seu conteúdo não podia ser mais óbvio: Vieira telefonara a Valentim a pedir-lhe o afastamento de um árbitro escalado para apitar um Belenenses-Benfica e os dois juntos foram desfilando nomes de árbitros, até que, ao quarto nome, Vieira se deu, enfim, por satisfeito. Mas não sem que antes, e no meio da conversa, tivesse deixado escapar esta frase intrigante: «Como sabe, tenho outras maneiras de resolver o assunto». A divulgação desta escuta caiu como uma bomba no terreno de batalha errado. Nesse mesmo dia, Vieira convocou uma conferência de imprensa, onde se limitou a dizer que não respondia a perguntas nem falava dos factos, apenas avisava os benfiquistas que estivessem alerta contra essas «manobras»; porque mais haveriam de aparecer. E sucederam, então, três coisas curiosas: uma, é que não apareceu mais nada, ao contrário do que ele tinha previsto; outra, é que ninguém, no CD da Liga, achou que uma combinação de árbitros entre o presidente de um clube e o presidente da Liga (que lá tinha sido posto por aquele) violasse a «verdade desportiva»; e a terceira, é que nem o CD nem o Ministério Público acharam que houvesse qualquer interesse em chamar o presidente do Benfica para que este explicasse o que queria dizer com aquela frase de que tinha outras maneiras de resolver assuntos daqueles.
MSTavares, "a bola"

Anónimo disse...

Fonte MStavares: tá bem abelha! Por aí não vou lá. Mostrem-me a escuta ou, pelo menos, uma transcrição credível que não a do tavares.
Anyway, a existir essa escuta - o que seria condenável e mereceria todo o meu repúdio - não invalida estas do pintinho que tem muitas mais nuances e mais sumo. Agora o que eu gostava era que o comentador anterior se pronunciasse sobre os edificantes diálogos das escutas do pintinho. Ouviste-as? se calhar não, logo não existem, como ouvi o pateta do guilherme aguiar defender ontem...

Joguem à bola disse...

Ouvi algumas. Tenho mais coisas para fazer do que ler o Tapor e ouvir escutas. Mas também já tinha lido algumas coisas sobre o assunto.E é óbvio que não gosto do que ouço, mas isso não me impede de desconfiar, melhor, não acredito, que estes dois ou três senhores, sejam os únicos palhaços do nosso futebol e mais, dúvido que o circo tenha acabado e que falte pouco para o fim, mesmo que o Benfica seja campeão.

Anónimo disse...

Joguem à bola: para quem tem mais que fazer do que ler o Tapor, andas muito por cá. Ainda bem, menen, és sempre bem vindo :)

Sobre algumas diferençazitas entre a podridão das escutas ao pintinho e o pseudo-caso do kadafi dos pneus, gostaria que pensasses nisto:

«O MST mente despudoradamente quando fala na escuta em que o nosso presidente foi 'apanhado'. Ou isso, ou é simplesmente imbecil.

Diz ele que o LFV telefonou ao Valentim a pedir o afastamento de um árbitro escalado para arbitrar um Belenenses x Benfica. Não há uma única parte desta afirmação que seja verdadeira.

1- O jogo em questão era um Benfica x Belenenses, a disputar no Estádio da Luz, a contar para as meias-finais da Taça de Portugal;

2- O árbitro inicialmente nomeado para esse jogo (João Ferreira) foi desnomeado, o que provocou a fúria do LFV;

3- O responsável pelas nomeações, Pinto de Sousa, telefonou ao LFV (tal como telefonou ao então presidente do Belenenses, que confirmou ter recebido esse telefonema, até porque é prática habitual para jogos destes) para tentar obter deste o acordo em relação a uma das alternativas para substituir o João Ferreira;

4- O LFV recusou-se a discutir o assunto com o Pinto de Sousa, precisamente por estar furioso;

5- O Pinto de Sousa pede então ao Valentim para ser ele a tentar falar com o LFV sobre o assunto, sendo este quem faz o telefonema.

O MST, ao insistir em contar uma versão diferente da história de cada vez que escreve sobre o assunto, ou é burro, ou desleixado, ou simplesmente desonesto.»

Acrescento que este tipo de contacto foi também feito a muitos outros clubes, belenenses, por exemplo e fóculporto. Nunca contaram de escutas, precisamente pela sua irrelevância. É que aqui é o LFV quem é obrigado a comentar o tema, depois de recusar falar com o presidente do conselho de arbitragem, num contexto muito próprio de desnomeação de um árbitro.
Outra: essa escuta, explicável como se vê, é esporádica, não tem o carácter de permanência nem de promiscuidade que se vê nas do pintinho. Em suma, são coisas INCOMPARÁVEIS, a diferença entre provas de corrupção e uma conversa inócua que, em too o caso, reconheço que não deveria ter existido. O LFV deveria ter recusado pura e simplesmente falar com o valentim sobre árbitros.
Calheiros

Anónimo disse...

não há dúvida: o GLORIOSO incomoda mesmo os mesquinhos de sempre. Há alguma dúvida que o Benfica está a jogar melhor que os outros? Óbvio.
Escutas: estas existem, logo expliquem, mas bem, como é que aquilo que se ouve não estve na base dos campeonatos ganhos. Conseguem? A diferença é que o Benfica joga no campo e outros nos bastidores. Tão claro que nem o omo faz melhor
Simplício

Anónimo disse...

Mas é isso tudo que eu digo. Nos últimos anos o FCPorto tem tido melhores jogadores e melhores equipas e por isso tem ganho mais vezes. Aqui e lá fora. Normal. Este ano é o Benfica. Normal. Agora não me lixem. Todos sabem, tão bem como eu, que o benfica tem tido gestões ruinosas. Financeiras e desportivas. Não culpem o Pinto da Costa por isso.

Anónimo disse...

Vá, e mandem mais bacoradas sem ser de futebol, que é disso que o pessoal gosta.

Anónimo disse...

já não há pachora..., há uma menina ali para baixo que tem problemas com o anal, e esta malta refocila no pintin ho e no kadafi dos pneus...

purista

MB disse...

O que o Vieira disse na escuta é que tinha OUTROS MEIOS para resolver o problema. Que meios? Ninguém quer saber!
O Carlos Xavier, quando treinador do Estoril, denunciou conversas, jantares e ofertas, de um cunhado do Vieira, o tal que agrediu o empresário do Moretto, com o objectivo de condicionar o resultado do Estoril X Benfica.
Há um árbitro que é encontrado na cabine do Benfica no intervalo EstorilXSLB, violando todas as normas. O inquérito foi arquivado pois chegaram à conclusão que o árbitro se tinha esquecido das chuteiras e foi pedir umas emprestadas ao balneário do Benfica!
O SLB contratou o Jorge Ribeiro ao Boavista 1 semana antes do jogo com o Boavista. O gogador falhou um penalty e ninguém quer saber. C SLB contratou o Ruben Amorim ao Blenenses 1 semana antes de jogar com o Blenenses. O Marcel foi contratado à AAC na véspera do jogo (Janeiro 2006) que o Benfica ganha por 3-0 (18ª jornada). Há uma mão na bola do Luisão que não é marcado. Parece que o Luisão recuperou uma bola fora que deu golo. O Benfica pagou aos doutores comprando o Marcel que depois dispensou logo
José Fonte vai do Setúbal para o Benfica em 2006. O Setúbal perdera em casa com o Benfica por um golo à 16ª jornada, uma falha infantil da defesa setubalense que, no entanto, se viu recompensada com a venda de um jogador inútil que o Benfica logo dispensou.
Makukula falhou um penalty na luz (28 Out 2007) no ano em que é contratado pelo SLB (fev 2008), tal como o Jorge Ribeiro. Rezam as crónicas que o penalty foi muito denunciado e nem sequer era o Makukula que deveria marcar.
João Pereira é emprestado pelo SLB ao Gil Vicente em 2005 / 2006 (29 Jan 2006). O Gil Vicente perdera em casa com o Benfica à 19ª jornada (21 Jan 2006). Um penalty duvidoso a favor do sLB. O 3º golo do Benfica foi de rir, uma fífia do guarda-redes Jorge Baptista que tinha chegado ao Gil vindo do Estoril, cujo presidente fora antigo vice do Benfica e cujo accionista de referência era director desportivo do Benfica. Ninguém quer saber!
Na época de 2005 / 2006, Manduca vai do Marítimo para o Benfica em Jan 2006. À 13ª jornada o Marítimo perde em casa com o Benfica (4 Dez 2005). Consta que o golo foi uma oferta da defesa maritimista.
Rui Costa faz publicidade a empresas de apostas on-line, nem sequer há inquérito. Em Itália deu prisões, tal como na Alemanha. Cá? Ninguém quer saber! Viva o Benfica, o Benfica é Portugal!
O facto de o juíz que arquivou os processos contra o PC ter dito que tudo não passava de acusações sem fundamento e com base em conjecturas, pelos vistos é irelevante. o facto de se ter provado que a Carolina Salgado mentiu ao tribunal, instigada pela Leonor Pinhão, casada com o realizador de um filme difamatório, ambos sócios do Benfica, é insignificante. O facyo da procuradora que reabriu um processo arquivado, com base em mentiras manipuladas, ser casada com um senhor que é assessor do Vieira, presidente do SLB, é um pormenor que não merece demora. O facto de as escutas, em vez de destruídas, aparecerem no You Tube, não lança suspeitas sobre a Dr.ª Morgado? Claro que não!

Anónimo disse...

E as taças ganhas com a mão do Vata, masi as taças da Liga ganhas como se sabe, mais as comissões de acompanhamento da dívida que afinal não acompanham porque é o Glorioso, mais a documentação falsa a declarar que o Glorioso não tem dívidas,.... Ai se isto fosse um país civilizado: estava tudo dentro, Pinto, Vieira, todos!

Anónimo disse...

Diferença enorme, como se pode verificar, entre as insinuações e conjecturas mal intencionadas que se pretendem factos aqui arrroladas pelos últimos comentadores e as escutas ao pintinho. Entre a especulação pura e dura e a realidade vai uma grande, enormísssima diferença.

(ainda esta semana o f´coculporto comprou o ruben micale, precisamente na semana anterior ao jogo como o nacional da madeira. Tou curioso para saber qual a ilação que o Anónimo daqui dde cima, extrai disto... Foi a semana passada!)

Anónimo disse...

Hoje o f´culporto goleou o nacional com uma arbitragem merdosa do merdoso do xistra. No fim um amigo tripeiro mandou-me um sms a dizer assim:
- com o ruben micale é outra coisa!
Eu respondi:
- com o xistra é sempre a mesma coisa.

Gostava de fazer um exercíco ao estilo do anónimo lá de cima, usando a lógica do dito cujo. Então aí vai:
o fóculporto contratou o micale uma semana antes de ir ao nacional. Istpo é muito grave e revela logo que o nacional já estava aliciado, seguno a lógica do anónimo.
Inda por cima o nacional comprou um brasileiro com o dinheiro que o fóculporto lhe deu pelo micael. O brasileiro jogou foi expulso e assimo fóculporto ganhou o jogo facilmente. Conclusão: corrupção directa, o jogador braisliro já vinha instruído.
Esta é a lógica enviesada do anónimo lá de cima. Pura especulação delirante.
As certezas que existem quanto à corrupção do fóculporto, não se baseiam neste tipo de raciocínios. Baseiam-se em provas que só não valem por causa das estranhas leis deste país. é a diferença enorme entre factos e especulações...

MB disse...

Um golo anulado ao Setúbal e uma penalidade inexistente cozinhada pelo Bruno Paixão e por um jogador emprestado pelo Benfica no último minuto. Quem investiga? Ninguém claro.
Os jogadores cruciais do Braga suspensos sem nenhum fundamento e contra os relatórios oficiais. O Braga protesta, mas não se passa nada, ninguém investiga.
No jogo Belenenses Braga, uma penalidade inventada a favor do Benfica (isto é, contra o Braga), mais uma expulsão. E nem assim, o Benfica ganha. Investigar? O Quê, se não se passa nada.
Os jornais revelam que o antigo preparador físico do treinador do Benfica visita o hotel do Braga, durante o estágio. Mas o Ricardo Rodrigues de certeza que não vai investigar nada. Viva o Benfica!

fernanda disse...

ora bem aqui para o autor que pelos vistos nunca viu tal coisa pega la a cereja do vieira a exigir ao valentim um arbitro que lhe de garantias
http://www.publico.pt/Desporto/apito-dourado-escutas-apanharam-luis-filipe-vieira-a-escolher-arbitros-para-o-benfica_1269576827