18/03/09

Como Defender-se de um Ataque de Mitras, por Maldini

Numa altura em que os números da insegurança no nosso país disparam para valores assustadores, o tapor sente que é sua obrigação fazer qualquer coisa para combater o flagelo. Assim, com a devida vénia, reproduz-se o excelente post que se segue (daqui:http://vaipaselva.blogspot.com/), baseado num facto verídico, repito, verídico e que nos dá preciosas indicações sobre o que fazer em caso de ataque de mitras. Leia-o com atenção: poderá fazer toda a diferença na sua vida.

Vou contar O segredo para te safares das abordagens agressivas dos mitras..

Um dia, houve um jantar de natal (já não me lembro quando), mas depois ia à sessão da meia-noite ver o Hulk com o john Terry, o Macaco e o dono dos tecidos. O dono dos tecidos já estava à espera no dv.. Vou eu o terry e o macaco a descer a Elisio de Moura e eles decidem que contornar um prédio era mais rápido. Conclusão, esconderam-se e acabei sozinho na minha caminhada para o DV. Estava a passar as anexas na rua entre o DV e a ESEC estavam à vontade 25 mitras! (era naquela altura da onda de assaltos, deviam estar a ver o que é que cada um tinha gamado). Mal me vêm um dirige-se a mim a dizer: "Kid anda cá!" e eu: "anda cá anda" (pensei para mim..) e não fiz mais nada..

DESATEI A CORRER PELA RUA A BAIXO sem olhar para trás até ao Dolce Vita..

=D

42 comentários:

J disse...

Mas kaganda bizarrice. Ó Maldini, qual é o sentido profundo deste poste? É ensinar a fugir? E um a ensinar a morder?

Anónimo disse...

O sentido profundo deste post, dizes tu jota? Meu caro, Deus fala por intermédio de todas as suas criaturas. Que valor terão os sábios e os eruditos para quem como Ele possui toda a infinita sabedoria? O Altíssimo pode revelar-se numa pedra, numa árvore, no silêncio de um deserto, até num bacalhau à zé do pipo fora de prazo. Analisa bem o post e verás a luz...
Jacinto

Anónimo disse...

mas raio de ganda treta é esta?

será isto o trabalho de formatura do vara na INDEPENDENTE?

ass: Zé Mistério

PS: este postador tem que deixar de se meter nos copos. aquela porra do compal de pêra, parecendo que não é perigoso e dá cabo do tino a uma pessoa. e depois dá nisto, mitras!

Anónimo disse...

e já que o post é o que se vê, aqui deixo um tema para groinks:

Em ambos os filmes do King Kong os indigenas lá da berças fazem uma paliçada enorme para impedir o King Kong de lhes entrar na aldeia. é bem visto e é o principio da muralha chinesa. só que depois deixam uma porta gigantesca do tamanho do mesmo king kong. burrice de hollywood ou há aqui algum mistério ou mitra que me escape?

ass: Zé Mistério

Anónimo disse...

irra, depois dos memes dum temos agora os mitras doutro. é o fim dos tempos. acho que vou votar sócrates e ólha seja o que deus quiser.

um gajo vê cada uma

Anónimo disse...

foda-se, essa coisa que andas a snifar deve ser poderosa. irra

marquês

Anónimo disse...

mas que raio de bicho é um mitra? e tem que se fugir daquilo? eu uma vez em montebelo vi a velhinho a fugir dum esquilo e gemia qualquer coisa de parecido. é um esquilo, um guaxinim? e andam em rebanhos? pela calada da noite? e basta correr que eles ficam especados? e falam?

Racoon

Anónimo disse...

O bruto do Marquês não consegue de todo fazer um groink onde não diga "foda-se", "vai levar no cú", "enrabadela" etc etc.

ó pá é muito dificil largar o vernáculo? nem que seja num groinkezinho? até os mitras levam com um foda-se? mas que raio de mal te fizeram os mitras?


Sociedade Protectora do Mitras Esses Grandes Incompreendidos Da Família dos Tofus

Anónimo disse...

Haja alguém que explique a este jovenzarro fugidor de mitras que o sinal de reticências é com três pontinhos e não com dois.

Depois queixam-se das perseguições dos mitras..., pois claro toparam-no logo, é o gajo dos dois pontinhos!

Bomdini

Anónimo disse...

"Dono dos Tecidos" é uma alcunha fabulosa!

A rivalizar com os nossos Mancamulas ou Batenabó.

Anónimo disse...

ó da sociedade vai apanhar no cú

Anónimo disse...

isto é só enigmas. agora dois pontitos. sim senhor. não há niguém a escrever assim

Anónimo disse...

será mitra, será marmita? isto é catita (parece o cão a versejar)

tofu

Cãosal da Rosa disse...

mitras são os pretos de miranda do corvo. os dos tecidos são os contrafeitos do Ingote, vulgos gípeces.

Anónimo disse...

Pra já, prjá este post é genial. Do melhor que já por aqui vi e sou cliente há muito tempo. Permite, por exemplo, que se perceba que há gajos que vêm aui comentar que não sabem o que são mitras... Há um gajo lá em cima que pergunta mesmo o que são mitras? Por aqui se vê a cambada de cotas que frequenta este blog. Nem sabem o que são mitras.
Mitras são... huummmm... acho que são pretos que usam bonés e isso. Agora gípeces, ó cão, isso é que eu não faço a mínima ideia do que possam ser, mas seique há muito disso no ingote.
Young Sherlock

Anónimo disse...

voces cotas sao todos fotocopia uns dos outros. ser diferente é ser afrente. sou mitra, se é assim q lhe chamas. com muito orgulho. e tu? sabes quem és ou já não t dstingues dos outros iguais a ti?são blogs como ste q afundam a nossa sociadade! tu achas mm q te ficam bem esses sapatos tipo-beto-da-solum? é bueda marada essa sena do dinheiro que tens e q t faz ser suprior à malta como nós. Sei nde vcs moram.... se vêm a mt formoso tão mortos! racistas de merda!
Ni-Ga

Anónimo disse...

Mau maria, isto tava sossegado com o ppl aqui na boa a comentar os memes, o richard dwkins e a susan blackmore e agora temos uma invasão por causa dos mitras? Já uma vez tivemos aqui nazis, agora são os mitras? O que é que virá a seguir meu deus, um ataque de gípeces?
Frei Pantaleão

britannicus disse...

Os gípeces são fodidos. Conheço um rapazio genioso e façanhudo aqui do terrunho, que se armou em burro zornão no Ingote, mas que teve de se escafeder nesse comenos, de roldão e escantilhão por Val Figueiras abaixo: o Carricarró, o Cava Valinha, o Cá Olho, o Catapirro, o Climpã, o Conila, o Ti Lhe, o Zé Ía, enfim!, uma matulagem colhuda e tesuda, com pêlo no cu e a cagar para ele, mas que teve de dar ao slide numa noite de S. João no fio do navalhame gípece. Agora mitras! O único mitrado que nos deve meter medo é o papa e as suas jaculatórias e ninhices teológicas sobre o preservativo e a fodição. É ou não!

J disse...

Dos mitras não sei, nunca me fizeram mal. Mas já fui assaltado por um gípece anavalhado e colhudo, em pleno dia em plena Praça da República. Experiência profunda.
Agora, profunda, profunda é a deixa do gajo da muralha da china e do gorila. Sim, um portão porquê? tenho a certeza que o vice encontraria aqui uma analogia qualquer com o absurdo camusiano. Ou não era o camus o gajo das coisas absurdas?

J disse...

E é sim senhor, amigo Brit, é isso tudo.

Cãomus disse...

sim, mas o camus não é paqui chamado agora, tábamos a falar de esgrunhos e de gípeces. os esgrunhos são judeus virados do avesso. os gípeces tê os olos cor de mostarda e a tez dérmica do cagalhão. o camus era argelino mas não tinha nada disto, não era mitra nem gípece. e havia um gajo no meu tempo do liceu que lia o camus e escrevia sobre o camus, mas nunca se interessou por mitras nem por gípeces apesar do Estrangeiro matar um árabe. ora, o que aqui interessa é o Zen: o Zen o cavanço direitinho ao Dolce Vita, cujo nome configura uma atitude hedónica e ética que é Zen e Krishna. o problema é que com o Krishna aparece logo um gípece e um mitra a perguntar em hipópe ao gípece o que é Krishna e Camus.

Anónimo disse...

Mitras: calão jovenzarro de liceu para todo o gajo estúpido, armado em bom, queque, mania que é mau, etc etc. Em geral diz-se mitra tudo o que desagrada ou pertence a outra tribo.

Corretor Hortográphico

Anónimo disse...

Corretor: tá mal, pá. O mitra é o contrárioo do queque. Queques e mitras são tribos opostas, nem se podem ver.

jjoyce disse...

que vais fazer para o dv?

alguém me sugere que mitra pode ser aquele que leva no cú como um homem...
(3 pontinhos)

sabic(h)ão disse...

não: mitra é esgrunho, é gípece, é empregado municipal e gosta da mariza e dos xutes para ser jove na mema memo com 40 e tal aneststs

Anónimo disse...

demitra-se meu caro, demitra-se..

Anónimo disse...

gajos que fazem jantar de natal e que depois vão á sessão da meia noite ver o hulk? ao dolce vita?

que raio de tropa fandanga é esta que polui o Tapor?

depois da janta saca-se umas garinas e vai-se para um bar. não se vai com o dono dos tecidos ver o hulk!

e à meia noite o que se vê é a gata borralheira e os sete matulões! não é o hulk!

Armando A Vara

Anónimo disse...

tou a ver que além do Jótta ninguém se preocupa com o tamanho da porta do King Kong. Mitras do catano! Que raio se pode esperar de malta que vai ver o Hulk.

Armando A Vara

Sacão disse...

saca-s garinas e bai-se pó bar? paquê se j´se tem as garinas? assim é hulkoolismo, assim éspéce de rabeta, garinas no bar?, no bar é cos amigos no intervalos das garinas, levar garinas pó bar é mitra.

Anónimo disse...

Este Sacão tem olho. E vê o Hulk. Deve ser mitra.

trampa de discussão. I`m out.

Anónimo disse...

Desculpa, Maldini, desculpa, mas se era Noite de Natal, os tais "mitras" só podiam ser duendes do Pai Natal que estavam ali reunidos por ordem do patrão para combinar a distribuição do prendame aos putos da solum! Quando um te disse "kid, anda cá", estava a dizer, anda cá petiz que tenho aqui um comboio eléctrico para ti! Nunca mais vais receber prendas pelo natal, meu, e é bem feito! E com essa idade ainda acreditas na existência dos mitras? És mesmo anjinho, pá!

MetroMondego

Anónimo disse...

Vá lá, vá lá, em tua defesa tens o facto de teres feito um dos posts mais engraçados desde que há memória do tapor.

MetroMondego

Anónimo disse...

O post é a FABULOSO e por várias razões. Vamos lá a ver.
1º - Levanta imediatamente a questão: o que são mitras? Não é fácil. A identificação de tribos urbanas tem as suas dificuldades. A palavra mitra parece ser uma originalidade portuguesa uma vez que, ao contrário de outras que designam tribos urbanas não quer dizer absolutamente nada. Percebe-se o sentido de aplicar a a plavra queque ou punk ou gótico a um grupo.Mas mitra... O que levanta a segunda questão:
2º Os mitras são uma tribo portuguesa ou internacional? Existem mitras alemães, suecos, russos ou argentinos?
3ºFica-se a saber que o autor do post foi ver o Hulk. Mas tá mal porque como ele confessa no pp blog citado no post afinal o que el foi ver foi o king kong. Lindo!
4º As alcunhas dos amigos do post são do melhor. Não é todos os dias que um gajo tem a oportunidade de ir ver o koin kong à sessão da meia noite do dv com cromos como o Macaco, o John Terry e o Dono dos Tecidos.
5º Mas depois tambem percebemos que não foi bem assim porque o maldini foi ver o King kong (e não o Hulk) com o Macaco e o Terry, uma vez que, afinal, o Dono dos Tecidos já lá estava. Estas inexactidões dopost são um espectáculo.
6º um dos melhores prmenores é onúemro exacto de mitras que o maldini avança: 25. E ele topa 25 mitras áquela hora da noite. Obviamente um gajo não acredita. o que se pasou e que estava lá um apenas ou mesmo meio mitra e o maldini mal o viu pôs-se a cavar. mas ficava mal fazer um post a dizer que fugiu de meio mitrinha e vai daí, exagerou klogo para 25 perigosos mitras. Outra inectidão que só dá colorido ao post.
7º Note-se o registo preconceituoso do maldiuni em relação aos mitras: os mitras fazem «abordagens agressivas» atacam-nos e temos que nos defender deles, roubam e são mesmo os responsáveis pela vaga de assaltos. Os mitras parece que ainda são piores que os gípeces , ´maldini. Também não convém exafgerares, eu até já ouvi dizer que eles não fazem mal a ninguém, não é lá por usarem kepes que agora são os maus da fita piores que os gípeces, fónix.
8º o post é genial pelo que revela tambem do pessoal que frequenta o tapor. Cada um que aqui vem e comenta revela alguma coisa de si, a propóosito de um post tão estranhopara os hábitos dos cotas daqui. Este post é uma espécie de Urinol do Duchamp na história do tapor. Uma intervenção surrealista-dadaísta que descontrói os preconceitos bem pensantes da malta. O maldini é o Manzoni da blogosfera. viva o maldini! Viva!
Analista

Anónimo disse...

O anónimo anterior tem toda a razão e o post é discrimatório para com os mitras. Na verdade o que se passou é que o maldini vai a passar à meia noite pelas anexas e está lá um mitra (ou meio) inofensivo que lhe diz «kid, anda cá!». E o maldini que já tem o preconceito de que os mitras são perigosos pensou «anda cá, anda» e cavou dali a correr. Isto é dicriminar os mitras. Até parece que os mitras são gajos perigosos como os cabrões do gipeces, fónix!
Beleléu

Hulkão Kãong Kong disse...

o king kong é esgrunho. o primo, o ping-pong, é chinoca. o hulk é mitra, porque chama as pessoas à meia-noite para o DV.
ora isto levanta questões na nossa idade, que é uma idade em que já nem tudo se levanta. e não falo por mim, mas por gajos que passam o natal no DV em vez de ficar em casa a esgalhar o pessegueiro ao burrinho do presépio.

Anónimo disse...

O Anónimo que pretende explicar o post labora num lapso:

O nome Mitra tem um significado em português e actual. Mitra é uma zona de Lisboa, julgo que na zona de Santo Antão do Tojal e há até ao que que melmebro um Palácio ou Palacete da Mitra.

Nessa área o Salazar ou alguém da trupe mandou fazer uma espécie de sopa dos pobres ou casa dos pobres, na altura ao que julgo ligada à casa pia.

A mitra passou assim a ser a instituição que acolhia e alimentava os deserdados e vagabundos de Lisboa. E julgo que a mitra ainda hoje funciona.

E criaram-se expressões à volta da mitra, da sua pobreza e dos deserdados à sua volta.


Corretor Hortográphico

Anónimo disse...

Agradeço o contributo do Corretor Hortográfico. Se isso é verdade percebe-se como é que inicialmente mitra designava a malta qu entrava á pala nas festas privadas. Mas se mitra é portuga lá está: os mitras são tugas? Existem mitras chielenos e finlandeses?

J disse...

Os mitras são os deserdados? Então não eram pretos com bonés? Ou preto com boné é sinónimo de deserdado? Isso também me parece um bocado discriminatório.

Anónimo disse...

J, mene, o conhecimento evolui a uma velocidade incrível na era das novas tecnologias. Eu pensava que os mitras eram pretos no início dos comments. Mas afinal não são, são brancos. Mas usam todos kepes isso, pelo menos, é certo.
Dora Mitralha

Jubiabá disse...

os kepes não são os quicos dos rábis? e o que é um quico?

Anónimo disse...

Os Mitras são jovenzarros de trunfas cabeludas e calças pelo meio do cu a ver a cueca. isso, é um mitra.


estudiocioso

McD_KanUkO disse...

TeMs algM ProBlem BoY?
FZSt Bm I dAr dE FuGA! POrQue a mAlTa e aXiM FoDida! TaX a VeR? GoZaM cM a NoSSA RAssA ms NoS E qUE ComEMos aS VoSSAS QUArRaS e As VOsSAs Sis! CriME E pOdER e PArEdEs LImpAS E PoVO MuDO!!! YAh!
EsPERo k n FuJaZ nA PrOXiMA BoY!