17/03/09

O Verdadeiro Meme, por BritaniCus

O meme das "gajas boas", como diz a Susan Blackmore no The Meme Machine, explora tendências determinadas biologicamente e propaga-se mimetica e meteoricamente através, por exemplo (preferido), dos calendários oficinais a mostrarem a enormidade das glândulas mamárias e o nalgal calipígio do femeal.

Não havendo "gajas boas", seria interessante pensar, como faz a Susan Blackmore, como é que o meme "masturbation is fun" ganhou vantagem competitiva relativamente ao meme "masturbation is dirty". Aqui, penso eu, ajudou o Woody Allen, esse grande fazedor de memes. É que, em boa verdade, a masturbação, o "esgaramentar a laustríbia" é o "único acto de amor com a pessoa de quem nós realmente gostamos".No fundo, no fundo, o "esgaramentar a laustríbia" é um caso de memética.

5 comentários:

Anónimo disse...

O post é um simples e desavergonhado aproveitamento da mão de obra gratuita do brit ao Porco. Já não é a primeira vez que se transforma um comment do rapaz num post. Mas ele merece. Ainda por cima na sequência imediata do tema do post anterior, dedicado aos memes. Manda mais brit.
Mau Mé Mé

Anónimo disse...

relembro que já uma ve se postou aqui o Onan e o Onanismo biblico.


ass: Venham as cunhadas

Cãonanista disse...

eu nem de mim gosto. mas do brit, gosto. do to-zé brit é que não.

britannicus disse...

Eh pás, não havia necessidade! Mas no texto há um lapsus calami pelo qual tenho de fazer uma contriçãozinha por mor do grande O'Neil (Pace, O'Neil, pázinho!). É que não se trata de "esgaramentar a laustríbia", mas sim de "esgaramantear" a sobredita.Tem lógica, ora pensem comigo! Quando a mão esgarabulhona começa a esganar o marsápio e cerramos a juntura dos lábios, o que é que um gajo geme, an? É isso mesmo - "an","an" "an"!, e não - "en", "en" "en"! É ou não é?! O resto é prosódia. Olha quem ele era, o O'Neil!

Dognanista disse...

também se podia dizer "desparamentar o báculo", não podia?